Lilypie Kids Birthday tickers

 

Quarta-feira, 20 de Maio de 2009

Um fim de tarde perfeitamente normal...

Chego a casa e, independentemente das horas que são, vou brincar para a sala, onde tenho as minhas tralhas espalhadas.

No fim da brincadeira, nunca quero arrumar os brinquedos e digo à mãe para o fazer. Geralmente ela obriga-me a guardar tudo e é frequente acontecer uma grande birra.

Às vezes não quero sair da sala porque quero brincar mais ou porque quero ver não sei o quê na televisão.

Tenho que ir para o quarto dos papás, para me preparar para o banho. Depois de 1001 argumentações, os papás lá me conseguem conduzir até lá. Às vezes também choro e grito muito antes de chegar a essa divisão.

Geralmente, nunca quero tirar a roupa à primeira. Tenho sempre muito que fazer no meu "quarto-creche" (como eu lhe chamo) e continuo a querer brincar, apesar de já ser tarde e más horas.

Já despida, convém fazer um xixi antes de ir para a banheira, pois já passaram algumas horas desde a última vez que fiz (geralmente na creche). Às vezes faço birras e digo que não quero, apesar de ter a bexiga cheia, a rebentar pelas costuras.

Vou tomar banho. Gosto de tomar um duche rápido, em pé, mas às vezes prefiro ter a banheira com água e brincar com os meus amiguinhos do banho. Nos dias em que lavo a cabeça, há choradeira na certa. Às vezes também grito muito antes de ir para a banheira, simplesmente porque não quero mesmo tomar banho.

Se fiz birra antes de banho para não fazer xixi, geralmente faço dentro da banheira, ou espero sair de lá (toda molhada ainda) para dizer que tenho vontade.

Depois de seca e hidratada (tem dias em que não quero creme), nunca quero vestir o pijama. Ou então espero que a mamã me vista para começar a dizer que quero ser eu a vestir-me. Aos gritos e a chorar, claro.

Já vestida, vou para a cozinha para comer a sopa.

Não quero porque está quente. Não quero comer sozinha. Dá-me tu a sopa (fecho a boca e viro a cara). Conta-me uma história. Não, não quero comer a sopa amanhã ao pequeno-almoço. Vou comer tudo. Vou-me portar bem. Não quero sopa. Está fria. Aquece. Está quente. Dá-me tu (...).

Acabo por comer a sopa sempre a chorar e no meio de grandes birras. No fim, como a fruta. Geralmente nesta parte não há problemas de maior, a não ser naqueles dias em que quero maçã, a mamã ou o papá preparam a maçã e eu vou a comer e já não quero maçã, pois apetece-me pêra. Pormenores...

Lavo os dentes, faço um xixi, ponho uma fralda e vou para a cama.

Antes de ficar a dormir, ainda chamo 10 vezes pelos papás para fazer perguntas nada pertinentes e pedir coisas perfeitamente dispensáveis. Há dias em que apareço na cozinha só para pedir um beijinho.

Mas depois durmo a noite toda e no dia seguinte é aquele filme que já conhecem...

 

publicado por princesa_beatriz às 16:17
link do post | deixe um miminho
1 comentário:
De sofia a 21 de Maio de 2009 às 00:01
Pais sofrem! De vez em quando temos uns filmes parecidos - mas a dobrar!
beijinhos.

Comentar post

 

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

© Princesa Beatriz | 2007

 

online

 

mais sobre mim

pesquisar

 

Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

 


 

sites que visito

aventuras recentes

TPC: o leite

Dizer a morada

Verão ou Outono? Eis a qu...

Manuais escolares

Dentes a cair - parte II

Estrunfes e Smurfs

Regresso às aulas

Dentes a abanar - parte I...

Dia Mundial da Fotografia

Dentes a cair - parte I

outras aventuras

tags

todas as tags

Web Page Traffic Counters

 

Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa